Notícias

Quinta-feira, 23 Outubro, 2014

REN revela interesse na hidroelétrica de Cahora Bassa

Novembro 2011, Transações - Fusões e Aquisições | Energia e Energias Renováveis
REN revela interesse na hidroelétrica de Cahora Bassa
©iStockphoto.com/deldew
  • Hidroeléctrica de Cahora Basa é, até à data, detida em 85% pela EM - Eletricidade de Moçambique e em 15% pelo Estado Português
  • Operação insere-se na estratégica de internacionalização da REN, que assenta fundamentalmente na expansão para países de língua oficial portuguesa

A REN manifestou estar interessada na aquisição de parte da posição que o Estado Português detém na central hidroelétrica moçambicana de Cahora Bassa, revelando a pretensão de começar a cooperar com Moçambique e de se envolver em projetos no país.

Em 2006, Portugal e o Estado moçambicano celebraram um acordo de reversão das ações da barragem de Cahora Bassa, transferindo para Moçambique 85% do capital da companhia e a sua gestão efetiva, e limitando a participação do Estado português a 15%.

A REN pretende, agora, adquirir ao Estado português uma participação de 7,5% da central hidroelétrica, devendo a Eletricidade de Moçambique (EDM) ficar com os restantes, estando neste momento a decorrer negociações nesse sentido, que devem estar concluídas até ao fim do ano.

Esta operação insere-se na estratégia de internacionalização da REN, que passa marcadamente pela expansão para países de língua oficial portuguesa, como Moçambique, Angola e Brasil.

Nota:
Para ter acesso a este conteúdo faça Login por favor.

Texto